19 de Agosto de 2018

Guia de Museus e Centros de Ciências Acessíveis da América Latina e do Caribe é lançado

Uma lista de espaços científico-culturais latinoamericanos que se dedicam à popularização da ciência e tecnologia com recursos específicos para pessoas com deficiência. Essa é a proposta do primeiro Guia de Museus e Centros de Ciências Acessíveis da América Latina e do Caribe. A publicação conta com a participação de 110 empreendimentos de dez países da América Latina e do Caribe: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, México, Nicarágua, Panamá, Porto Rico e Uruguai.

 

Este Guia é fruto da pesquisa "Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências no Brasil e na América Latina" desenvolvida em 2016 e conta com uma lista de museus e centros de ciências interativos, museus de história natural e antropologia, planetários, observatórios astronômicos, zoológicos e aquários.

 

A iniciativa é do Grupo Museus e Centros de Ciências Acessíveis (MCCAC), da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Fundação Cecierj), da Rede de Popularização da Ciência e Tecnologia da América Latina e do Caribe (RedPOP) e do Museu da Vida, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz, com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

 

Colaboraram, ainda, a Associação Brasileira de Centros de Museus de Ciência (ABCMC), a Sociedad Mexicana para la Divulgación de la Ciencia y la Técnica (SOMEDICYT), a Casa da Ciência da Universidade Federal do Rio de Janeiro e de outras organizações.

 

"Esperamos que este Guia seja um catalisador para o crescimento da discussão sobre acessibilidade e garantia do direito das pessoas com deficiência ao seu direito de acesso à cultura, ao lazer e à informação científica de qualidade na região latino-americana, bem como que impulsione a implementação de mais ações e políticas de inclusão e acessibilidade à ciência e cultura, tanto em âmbito institucional, quanto no regional", apontam os organizadores.

 

O Guia possui as versões em português e espanhol e versões acessíveis a leitores de tela e com audiodescrição das imagens. Acesso gratuito pelo site da RedPOP e pelo site do Grupo MCCAC.

 

 

Fonte: CNPq