12 de Dezembro de 2018

Piracicaba instala primeiro semáforo 'que fala' para orientar deficientes visuais

Piracicaba (SP) instalou o primeiro semáforo “que fala” da região, um recurso para ajudar pessoas com deficiência visual. A botoeira sonora é uma determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que até 2020 as cidades devem cumprir.

 

O semáforo foi instalado na Avenida Antônia Pazinato Sturion, em frente à Associação de Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual de Piracicaba e está em fase de testes.

 

O botão para acionar o semáforo tem indicação em braile, e quando a pessoa aperta, ouve a primeira fala: “Travessia solicitada, aguarde”.

Após isso, o equipamento começa a disparar sinais sonoros para que a pessoa saiba o momento de atravessar a rua com segurança. Além do semáforo, foram feitas também adequações como piso tátil e instalação de rampa no local.

 

Segundo a Prefeitura de Piracicaba, o semáforo também deve ser instalado no Terminal Central de Integração e no cruzamento das ruas Alferes José Caetano e 13 de Maio, onde fica uma escola que tem uma sala para deficientes visuais.

 

De acordo com informações do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, baseados no último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Piracicaba tem atualmente mais de 55 mil pessoas com algum tipo de deficiência visual.

 

Fonte: G1